FESTIVAL ALTITUDES

http://www.festivalaltitudes.wordpress.com

[14 a 21 de agosto de 2021]

Campo Benfeito, Castro Daire

FESTIVAL ESGOTADO

Sábado, 14 de agosto de 2021

21h30 “Futebol” Teatro O Bando e Teatro do Montemuro

Domingo, 15 de agosto de 2021

19h30 Concerto “Vazio” Gongori

22h30 “Nosocómico” Teatro das Beiras

Segunda, 16 de agosto de 2021

21h30 “O Tio Google” Palmilha Dentada

Terça, 17 de agosto de 2021

21h30 “Electra” Companhia do Chapitô

Quarta, 18 de agosto de 2021

21h30 “Ao mar” Nicho | Graeme Pulleyn [Estreia]

Quinta, 19 de agosto de 2021

21h30 “Mininu” Fernando Mota

Sexta, 20 de agosto de 2021

21h30 “A noite de Molly Bloom” ACTA – Companhia de Teatro do Algarve

Sábado, 21 de agosto de 2021

10h30 “Qubim” Trupe Fandanga

21h30 Concerto Galandum Galundaina

14 a 21 de agosto

Intervenção Artística no Espaço Montemuro por Tâmara Alves

Todos os espetáculos são no Espaço Montemuro, exceto o concerto “Vazio” que será da Lameira em frente às Capuchinhas e o espetáculo “Nosocómico”.

“O enquadramento é único. Ir ao teatro por estes dias, ver um espetáculo do Festival Altitudes é ir visitar uma paisagem portuguesa única. A experiência da imaginação cruza-se, entre o cenário natural e humano da aldeia de Campo Benfeito – pequena aldeia com 50 habitantes na serra do Montemuro, em plena Beira Alta – e as propostas artísticas, que introduzem uma interrupção da vivência contemporânea daquele património cultural e edificado.(…)”

Cláudia Galhós, Jornal Expresso, 11-08-2018


Teatro/Dança:Artistas Unidos (Lisboa), Companhia Paulo Ribeiro (Viseu), Companhia do Chapitô (Lisboa), Teatro ao Largo (Vila Nova de Milfontes),Teatro das Beiras (Covilhã), Teatro de Marionetas do Porto (Porto),Teatro e Marionetas de Mandrágora (Espinho), D´Orfeu Associação Cultural (Águeda), Acert (Tondela), Teatro do Mar (Sines), TeatroArt imagem (Porto), Teatro Extremo (Almada) Este – Estação Teatral(Fundão), Baal 17 (Serpa), Teatro O Bando (Palmela), Palmilha Dentada (Porto), Comuna Teatro de Pesquisa (Lisboa), Teatro Invisível(Lisboa), A Barraca (Lisboa), Companhia de Mente (Viseu), O NarizTeatro de Grupo (Leiria), Jangada Teatro (Lousada), Peripécia Teatro (Vila Real); Circolando (Porto), Fernando Mota (Lisboa), Yola Pinto(Lisboa), Companhia Caótica (Lisboa), Formiga Atómica (Lisboa),Acta – A Companhia de Teatro do Algarve (Faro)

Música: Fernando Tordo, Projeto “Aduf” Camané, Tim Tim por Tim Tum,Sérgio Godinho, Virgem Suta, Victorino, Tora Tora Bing Band, Quadrilha, Concerto MU, Ó quéstrada, D´Orfeu Associação Cultural, Jorge Palma, Gaiteiros de Lisboa, Fanfarra Kaustica, Uxukalhus, Strella do Dia

Internacional: Natural Theatre Company (Inglaterra), Khalik K (França), Cascai Teatre (Espanha),Los Excêntricos (Espanha), Talentitos Company (Alemanha), Dosàdeux (França), Yllana (Espanha), Karlik Danza Teatro (Espanha), Teatro Guirigai (Espanha), La Fundicion de Sevilha (Espanha).

Regional: Zés Pereiras bombos, Tuna de Cetos, Concertinas “Flor do Sabugueiro, Banda Filarmónica de Mões e Isabel Silvestre.

Edições anteriores:

2019 | 2018 | 2017 | 2016 | 2015 2014 | 2013 | 2012 | 2011 | 2010 | 2009 | 2008 | 2007 | 2006